Joice e Major Olímpio discutem via WhatsApp

 O senador eleito por São Paulo Major Olimpio (PSL) negou a existência de um racha no PSL após o vazamento de conversas de WhatsApp no grupo do partido . O senador atribuiu o ‘barraco’ à deputada eleita Joice Hasselman (PSL-SP). Ele afirmou que não tem dúvidas de que foi Joice quem vazou os diálogos à imprensa.

LINK PATROCINADO | CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nas conversas, há uma longa troca de acusações entre Major Olimpio e Joice, que chega a questionar a capacidade de liderança de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), eleito deputado federal.

– Não existe racha nenhum. Não pode ter racha (quando estão) todos contra um. Os deputados todos estão unidos. O Eduardo Bolsonaro está fazendo um excelente trabalho na liderança. O vice líder, o delegado Waldir, está fazendo um trabalho magnífico no plenário. E nós não temos nenhum problema na liderança – disse Olimpio.

LINK PATROCINADO | CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Indagado se seriam todos contra Joice, Olimpio confirmou:

– Lógico – disse o senador.

O futuro senador afirmou que Joyce fala apenas por ela quando faz críticas à condução das articulações do partido, e não representa a sigla.

– Estamos alinhados com o Jair Bolsonaro e com o PSL. Se houve uma manifestação da Joice no imaginário que não havia liderança, isso é um grande equívoco – disse o senador.

Nesta quinta-feira, o GLOBO revelou uma série de trocas de mensagens entre Joice, Olímpio e Bolsonaro . Na discussão, Joice acusa o partido de ter articulação política “abaixo da linha da miséria” e se coloca na posição de quem está tentando melhorar o diálogo com os políticos no Parlamento. Ela é cobrada por Olímpio por dar entrevistas em que se lança como candidata a líder do partido.