Por que algumas pessoas acordam de mau humor?

Não há um único dia que você acorde com um sorriso no rosto? Existe uma razão para segundo a ciência. Acordar com a mente confusa, com sono e com pouca vontade de falar antes de tomar um bom café da manhã e uma xícara de café bem quente é algo que acontece com muitas pessoas todas manhãs.

A ciência afirma que este estado ‘atordoado’ ocorre porque ainda estamos num estado de transição do sono para o estado de vigília.

“Enquanto dormimos, certas estruturas do nosso cérebro param de funcionar e acordar supõe a retomada das atividades dessas estruturas. Este processo é progressivo e o período de tem um tempo que levamos e demoramos para ativar essas estruturas é o que chamamos de inércia do sono”, explica Amanda Santana, neuropsicóloga do Instituto Superior de Estudos Psicológicos, ao El País.

Mas não é normal acordar todos os dias com mau humor e uma irritabilidade que dura de meia hora à várias horas, afirma a médica especialista em distúrbios do sono.

“Acordar mal humorada é um sintoma que algo neurológico em você não está bem. Por trás disto pode estar um transtorno do sono, o normal é que as noites sejam de refrigério e descanso e você acorde feliz, mas quando acontece o contrário é por que sua noite de sono foi de péssima qualidade, e na hora de acordar o cérebro estressa-se porque quer dormir mais, aí vem o mau humor.” E destaca: “Não se trata apenas de dormir as sete ou oito horas recomendada dormir bem com qualidade e relaxada.”

Dicas para uma boa noite de sono: Não leve o celular para a cama, pois usar o aparelho na cama faz com que o seu cérebro fique ligado no inconsciente á noite inteira. Usa roupas leves ou durma sem roupas, para não provocar algum incômodo. Escute uma música relaxante. Antes de dormir, faça com que o seu cérebro registre palavras agradáveis para que o inconsciente registre coisa boas e tenha uma noite de sono menos agitada. Que o ambiente no quarto esteja agradável, higienizado e com ar natural. Pense em algo relaxante e divertido e tenha uma boa noite de sono.

Dra. Amanda Santana
Neuropsicóloga do Instituto Superior de Estudos Psicológicos de São Paulo,

Recomendadas para Você

%d blogueiros gostam disto: