Piora da TPM após a laqueadura

Os médicos e cientistas da Oxford, do Reino Unido, chegaram a conclusão, após investigarem as reações em 500 mulheres, que 83% delas sofreram de variações mais severas de suas TPMs após o processo de Salpingectomia, ou comumente chamado de Laqueadura.

Os elevados níveis de Testosterona e de Serotonina tem haver com a não-ovulação e por isso a mulher torna-se uma ‘bomba-relógio’ em especial as que sofrem de desordem disfórica pré-menstrual (DDPM) ou TPM Severa ou TPM Bipolar.

Não há relação direta com o procedimento cirúrgico mas sim com as reações do procedimento, alterando o humor e  criando uma potencializando da TPM ou a DDPM.

Não há também estudos que garantem 100% de eficácia em qualquer procedimento ou no uso de fármacos, mas houve uma significativa melhora quando a mulher fez uso contínuo de Cloridrato de Fluoxetina, também conhecida pelo seu nome comercial mais famoso, Prozac, é um medicamento antidepressivo que pertence à classe do inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS). A fluoxetina é o mais antigo e o mais estudo antidepressivo do grupo dos ISRS, tendo sido lançada no mercado em 1987 com eficácia comprovada.

Apesar de ser classificada como antidepressivo, a fluoxetina pode também ser usada para vários outros distúrbios, tais como transtorno obsessivo-compulsivo, bulimia nervosa, TPM, DDPM, TDPM e síndrome do pânico.

As pacientes que associaram a fluxotina com a ingestão de cafeína e cacau, aliviaram em 78% as suas reações.

Dr. Issac Progenton
Inglaterra

Recomendadas para Você

%d blogueiros gostam disto: