Peru arranca empate na Bombonera e estende drama da Argentina até a última rodada

A pressão que só a Bombonera proporciona não funcionou. Lionel Messi, em lampejos, não conseguiu resolver. Candidato a herói, Benedetto perdeu ao menos duas chances claras de gol. O único alívio dos argentinos na dramática noite de quinta-feira, em jogo válido pela penúltima rodadas das eliminatórias para a Copa do Mundo, foi a defesa de Sergio Romero na cobrança de falta de Guerrero no lance derradeiro da partida que terminou 0 a 0. Poderia ser pior…

ESTÁ TUDO ABERTO

Uruguai e Colômbia eram os únicos países com chances de se classificar para a Copa nesta quinta. Nenhum deles conseguiu. O fato é o seguinte: seis seleções chegam à última rodada brigando por três vagas diretas e uma na repescagem. Com o empate, a Argentina está neste momento fora da Copa do Mundo porque caiu para a sexta colocação – o Chile, que venceu o Equador, pulou de sexto para terceiro. Essa é a classificação ao fim da penúltima rodada:

1. Brasil – 38
2. Uruguai – 28
3. Chile – 26
4. Colômbia – 26
5. Peru – 25
6. Argentina – 25
7. Paraguai – 24
8. Equador – 20
9. Bolívia – 14
10. Venezuela – 9

FESTA E TENSÃO

O objetivo de criar um ambiente de pressão na Bombonera deu certo num primeiro momento, mas acabou sendo um tiro no próprio pé. Milhares de torcedores fizeram a casa do Boca Juniors tremer. Teve homenagem a Messi, que jogou oficialmente pela primeira vez no estádio. Teve todo tipo de canto de apoio… Só que, a partir do segundo tempo, a tensão era visível. O caldeirão se calou. Em alguns momentos, eram os peruanos, inclusive, que faziam mais barulho. Por pouco, não presenciamos um “Bombonerazo”.

 

Sugeridas para você

%d blogueiros gostam disto: