McGregor falta a julgamento, debocha de juíza e é ameaçado de prisão

Conor McGregor teria uma disputa nesta quinta-feira. Mas não era no octógono. O lutador irlandês teria um terceiro julgamento por dirigir a 158 km/h em uma estrada na região metropolitana de Dublin, acima do limite máximo permitido. Mas provavelmente se achando acima da lei, o campeão peso-leve do UFC não apareceu na corte pela manhã, enquanto postava fotos no Instagram.

A atitude de McGregor enfureceu a juíza Miriam Walsh, do distrito de Blancharadstown, responsável pelo caso. Em entrevista ao Daily Mirror, a magistrada criticou o atleta.

– Se ele foi chamado, ele tinha que estar aqui. Isso é um grande desrespeito com a corte. Eu estou muito incomodada com o Sr. McGregor, como estaria com qualquer outro que apelasse ao júri e não comparecesse. Perante a lei, ele é um cidadão como outro qualquer.

Advogado do lutador, Graham Kenny conseguiu contato com McGregor e adiou a sessão pela manhã. Mais tarde, “Notorious” enfim apareceu, mas atrasado, e seguiu fazendo piadas com o julgamento em suas redes sociais.

Ao chegar, McGregor declarou que achou que de fato não pagou a multa que recebeu. Após a confusão, Conor foi multado em £350 (pouco mais de R$ 1550). Ao saber que poderia pagar esse valor em prestações, o lutador do UFC começou a gargalhar na corte.

Apesar disso, ele precisará pagar apenas pela violação de trânsito, e recebeu só um aviso de que pode ser preso se não aparecer em julgamento novamente. Mesmo considerado culpado e tendo causado enorme transtorno, o lutador do UFC não pareceu preocupado ao sair do local.

De acordo com o Irish Times, entretanto, McGregor se despediu de maneira mais respeitosa da juíza.

– Peço desculpas pela situação e pela risada. Quero mostrar meu respeito estando aqui hoje e com certeza pagarei a multa.

Essa não é a primeira polêmica em que Conor McGregor se envolve nos últimos meses. Primeiro, ele fez comentários homofóbicos após a derrota de seu amigo Artem Lobov para Andre Fili, no UFC Polônia. Depois, causou uma briga no octógono do Bellator e foi acusado de agredir um comissário do evento. Nesta semana, a imprensa irlandesa repercutiu que o lutador está sob perigo com a máfia após uma possível briga com pessoas envolvidas com o tráfico de drogas local num bar em Dublin.

Sugeridas para você

%d blogueiros gostam disto: