Isso é Brasil: Piloto informa que estourou jornada de trabalho e voo é cancelado

Os passageiros do voo da TAM Recife-Rio estavam prontos para embarcar à 1h50 de ontem (segunda-feira), conforme previsto.

Atrasa de cá, demora de lá, a turma só conseguiu entrar no avião às 2h40. Ansiavam, então, com que a aeronave levantasse decolasse em questão de minutos. Nada.

Já no meio da madrugada, por volta das 4h, o piloto pediu delicadamente que todos os passageiros desembarcassem e alegou que a viagem estava cancelada porque a tripulação havia estourado sua jornada de trabalho.

Pela nova legislação, em vigor desde 28 de agosto, a carga de trabalho da categoria varia de 8 a 14 horas por dia, a depender do tamanho da tripulação.

É inquestionável que pilotos e comissários devem ter seus direitos respeitados, como qualquer trabalhador brasileiro, obviamente.

Também é inquestionável que a TAM deveria tratar melhor os seus clientes.

Sugeridas para você

%d blogueiros gostam disto: