Incêndio em hospital deixa dezenas de mortos na Coreia do Sul

Um incêndio em um edifício de cinco andares deixou 37 mortos e mais de 70 feridos em Miryang, no sudeste da Coreia do Sul, nesta quinta-feira (26), de acordo com a BBC. O imóvel abriga uma residência de idosos e o hospital na cidade.

O número de vítimas ainda é impreciso e ainda pode aumentar. Mais cedo, a agência de notícias sul-coreana Yonhap tinha informado que 41 pessoas tinham morrido, mas o número foi revisado. A CNN afirma que o número de feridos passa de 100. Dezoito feridos estão em estado crítico.

Ainda não se sabem as causas do incêndio, segundo a polícia. As chamas teriam começado na sala de emergência do primeiro andar do prédio principal do hospital Sejong, por volta das 7h30 (horário local, 20h30 de quinta em Brasília).

Havia aproximadamente 200 pessoas no prédio quando o fogo começou e cerca de 50 pacientes foram retirados do hospital.

O presidente do Sejong Hospital, Son Kyung-chul, disse que o sistema de segurança que pulveriza água em caso de incêndio não foi instalado porque o imóvel era pequeno. De acordo com a CNN, os bombeiros levaram cerca de três horas para apagar o fogo.

Muitos idosos

Miryang é uma cidade localizada a 270km de Seul.

A Coreia do Sul é um dos países com maior crescimento no número de idosos no mundo e tem muitos hospitais de enfermagem. Esses estabelecimentos são uma opção para pessoas idosas que precisam de cuidados médicos de longo prazo.

Recomendadas para Você

%d blogueiros gostam disto: