Igreja Batista proíbe suas igrejas de chamarem pastores e cantores que cobram cachê

A Convenção Batista Nacional (CBN) publicou no Manual do Mensageiro que está proibido convidar para se apresentar ou pregar nas igrejas batistas qualquer pregador ou cantor que façam exigências financeiras.

A grande maioria dos cantores consagrados da música gospel exigem o pagamento de cachês, a cobertura de despesas e fazem algumas exigências para um camarim. Alguns deles, chegam a cobrar mais de R$ 30 mil por apresentação.

Pregadores também exigem cachês, outros pedem parte do valor arrecadado com ofertas no dia do evento ou ainda pedem aos responsáveis da igreja “uma oferta missionária”.

Outra proibição feita no Manual do Mensageiro é a participação de políticos dentro das igrejas e também nas redes sociais ou qualquer outro meio que mostre o apoio da igreja para com um partido ou um candidato político.

Diretrizes para convites de preletores e cantores e política partidária no âmbito da CBN

1- Convites a preletores e cantores no Âmbito da CBN:

“É vedado a CBN, seus Órgãos e Instituições, juntamente com as CBEs, fazer convites a pregadores, cantores e outros que façam quaisquer exigências financeiras. E também que se verifique se os convidados têm vida compatível com os valores do Reino de Deus, e da doutrina, princípios e valores da CBN.”

2- Proibição de Política Partidária no Âmbito da CBN:

“Fica proibida a divulgação de política partidária no âmbito da CBN, seus órgãos e instituições, bem como nas CBEs, seja esta propaganda realizada por meio das redes sociais qualquer outra forma de apoio ou divulgação a quaisquer candidatos e também é vedado o uso do logo da CBN por quaisquer candidatos em campanha política.”

Sugeridas para você

%d blogueiros gostam disto: