Hotel Ritz de Paris é assaltado por homens armados com machados

Cincos homens encapuzados e armados com machados quebraram a janela de uma loja localizada dentro do Hotel Ritz, em Paris, por volta de 18h (15h no horário de verão brasileiro). Três homens foram detidos por policias que faziam o patrulhamento rotineiro do local; outros dois suspeitos escaparam, sendo que um deles fugiu em uma moto, segundo o jornal francês Le Monde.

Estima-se que o valor roubado seja superior a quatro milhões de euros.

Uma testemunha que estava presente no momento do assalto relatou à rede de notícias britânica Sky News ter ouvido ao menos dez tiros no local.

“Meus pais e eu estávamos tomando drinks no Bar Hemingway, no hotel Ritz, e quando estávamos prestes a sair nós ouvimos os bartenders gritando para que nos abaixássemos”, disse a testemunha. “Um homem vestindo uma máscara de ski correu da porta do bar para a saída do prédio e passou bem ao lado do meu pai. Ele carregava um machado”.

Identificada apenas como Nik, a mulher contou que os garçons trancaram as portas do bar e conduziram as pessoas para uma cozinha localizada nos fundos do estabelecimento. “Ouvimos pelo menos 10 tiros, então todos se esconderam atrás do bar onde ficamos por cerca de seis minutos”, disse. “Ouvimos também pessoas gritando do lado de fora”.

O luxuoso hotel cinco estrelas fica na Praça Vendôme, no primeiro arrondissement, e está próximo ao Ministério da Justiça francês. A rua Cambon, localizada atrás do palácio que abriga o Ritz, foi parcialmente interditada pela polícia. O hotel possui uma galeria de lojas de luxo próxima a sua entrada que vendem jóias, relógios e roupas de grife. Segundo um policial ouvido pelo jornal francês Le Figaro, “designers de jóias famosos exibem suas peças nas vitrines do Ritz”, o que explicaria a escolha do local pelos assaltantes.