Fux critica colegas que desconsideraram depoimentos sobre propina

[wp_ad_camp_4]


O ministro Luiz Fux criticou a decisão de integrantes do tribunal de desconsiderar depoimentos que indicaram pagamentos de propina nas eleições de 2014.

Fux disse que não pode exercer seu papel como juiz “utilizando um artifício formal para não enfrentar o mérito”.

— Só para revelar a falta de ética, a imoralidade, a promiscuidade que gravita esse ambiente político, pincei um trecho rápido em que uma testemunha, com máximo descompromisso, diz que foi utilizada como laranja, que não prestou serviço. Entre outras coisas, (a testemunha) diz: “lembro de ter buscado muito dinheiro de uma agência de determinado banco para levar pagamento de propina”. Eu como juiz vou desconhecer isso? Não tenho condições de exercer minha judicatura utilizando um artifício formal, no meu modo de ver, para não enfrentar o mérito.


[wp_ad_camp_1]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *