Francis Ngannou atropela Alistair Overeem com nocaute devastador

No duelo de gigantes disputado pelo camaronês Francis Ngannou e o holandês Alistair Overeem, quem levou a melhor foi Ngannou. Com um upper devastador, ele nocauteou o experiente Overeem a 1m42s do primeiro round e se credenciou como o próximo desafiante ao cinturão da categoria. Esta foi a 11ª vitória de Francis Ngannou em 12 lutas na carreira. Já Overeem, que fez sua 60ª luta como profissional, sofreu sua 16ª derrota.

– Eu me sinto muito bem, estou a caminho da disputa do cinturão, como Dana disse que seria para quem vencesse essa luta. Nós trabalhamos muito o ataque e a defesa, mas eu estava surpreso por ele não ter mudado a sua base de canhoto. Estou pronto para Stipe Miocic. Quero dedicar esta vitória a todos os meus irmão que estão na Líbia e ainda são tratados como escravos. É inacreditável que isso ainda aconteça. Espero que todos sejam libertados e possam viver suas vidas em paz – disse Ngannou após a luta.

A luta começou com Overeem tentando surpreender Ngannou com um mata-cobra. O camaronês desviou-se do golpe e colocou o holandês com as costas na grade, aplicando pisões no pé e joelhadas na coxa. Separados pelo árbitro, os dois voltaram a lutar no centro do octógono. Mas Ngannou nem bem deixou a luta recomeçar e encaixou um upper devastador que acertou em cheio no queixo de Overeem, que já caiu nocauteado. O camaronês ainda acertou mais um soco duríssimo de cima para baixo antes do árbitro interromper a luta.

Sugeridas para você

%d blogueiros gostam disto: