Para quem nunca ouviu falar desse personagem místico e mítico, Mandrake, o mágico, foi um personagem criado em 1934 por Lee Falk (também autor do Fantasma), e ele era cheio de armações e truques nas mangas. Enganava  todos.

Léo Vilhena | Rede GNI
Jornalista


A poucos dias das eleições presidenciais uma nova pesquisa realizada pelo IBOPE/TVGlobo foi divulgada no início da noite desta segunda-feira (24). Segundo os dados, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) permanece na liderança com 28% das intenções de voto.

A surpresa da nova pesquisa foi o crescimento do candidato de Lula, Fernando Haddad (PT), que aparece agora com 22%, ocupando o segundo lugar. Segundo os dados, Haddad subiu três pontos percentuais desde a última “consulta” à população.

A multiplicação de votos para o candidato do Partido dos Trabalhadores desafia, no entanto, o claro sentimento que vem tomando conta do povo brasileiro desde meados de 2014: a mistura fatal (para a esquerda) do antipetismo e do desejo ardente por ordem, respeito e segurança. Desse liquidificador verde e amarelo saiu Jair Messias Bolsonaro.

O crescimento do PT desafia a realidade das ruas e faz de bobo o eleitor – mais uma vez.

Os 22% do petista, denunciado por lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha só não assustam a decadente classe “intelectual” brasileira, agarrada no velho pensamento socialista e nas tetas do Estado. Nem os “artistas” amantes da lei Rouanet.

 Fernanda Salles | Terça Livre
Jornalista