Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Em jogo tenso e movimentado, Vasco vence e foge do Z4

Foi uma vitória dramática. O caldeirão tremeu e ferveu.


O Vasco saiu da zona de rebaixamento ao vencer o Bahia por 2 a 1, ontem, Em São Januário. Os cruzmaltinos empataram em pontos com a Chapecoense, que perdeu para o Fluminense, mas levam vantagem no número de Vitórias. O Gigante da Colina quebrou uma série de cinco jogos sem ganhar. Antes, havia sido derrotado por Santos, América-MG e Vitória e empatado com o Flamengo. Segunda-feira que vem, o Gigante da Colina pega o Paraná fora de casa.

O time de Alberto Valentim demorou para entender o que estava acontecendo. O Bahia pressionava. Aos 5 minutos, Martín Silva já havia feito duas grandes defesas e um milagre. A quarta intervenção do goleiro veio aos 7.

Aos poucos, porém, o Vasco começou a equilibrar a partida, embora não conseguisse criar jogadas de perigo. Até que Andrés Rios invadiu a área e sofreu dura entrada do goleiro Douglas Friedrich, que foi recebeu cartão vermelho de Leandro Vuaden. Fernando Castro entrou no lugar de Paulinho para ver Yago Pikachu converter a cobrança de pênalti.

 Mesmo com um jogador a mais, o Vasco não soube controlar a partida após abrir o placar. O Bahia voltou a oferecer perigo em sucessivos contra-ataques. Num deles, aos 48, Gilberto tirou Luiz Gustavo e Leandro Castan antes de mandar para as redes.

Link Patrocinado | Continua depois do anúncio

“Nosso time vem pecando o ano todo nisso. É inadmissível isso. Saímos na frente, um jogador a mais, aí a gente para de jogar depois que faz o gol. A gente não consegue aproveitar isso. A gente cede o contra-ataque ao adversário. Temos que melhorar nesse aspecto”, reclamou Pikachu, na saída para o intervalo.

No segundo tempo, o Vasco tomou a inciativa. Em cinco minutos, ameaçou desempatar a partida duas vezes. Máxi López finalizou uma vez de letra e outra com chute cruzado.

Depois, porém, o time de São Januário voltou a encontrar dificuldade para criar oportunidades. O Bahia, com dez em campo, começava a sair para o ataque. O placar do primeiro tempo, porém, se mantinha.

Se faltava inspiração ao Vasco, sobrava persistência. E aos 32, Marrony, de cabeça, aproveitou cruzamento de Pikachu e garantiu a vitória.

Marcelo Gonçalves | Agência O Dia

Recomendadas para Você

Rede GNI

Informação com seriedade

%d blogueiros gostam disto: