Deixou a Ferrari: Raikkonen anuncia retorno para Sauber

Início de terça-feira agitado da Fórmula 1. Como já era esperado, a Ferrari confirmou nesta manhã que não renovará o contrato de Kimi Raikkonen para a próxima temporada e oficializou a contratação de Charles Leclerc, jovem talento que estreou este ano na categoria. A troca na Ferrari foi antecipada pelo GloboEsporte.comno dia 2 de setembro. Logo em seguida, porém, veio a surpresa. Em sua conta no Instagram, Kimi anunciou que correrá pela Sauber nos próximos dois anos, voltando à escuderia suíça (pela qual iniciou a carreira na F1 em 2001) e assumindo o posto do monegasco de 20 anos.

Completando 39 anos no dia 17 de outubro, o Homem de Gelo anunciou a nova página em sua vitoriosa carreira dias depois de ter registrado a pole position com maior média de velocidade na história da categoria, com 263,588 km/h, no circuito italiano de Monza. Além do título mundial em 2007, Kimi é ao lado de Mika Hakkinen o piloto finlandês com mais vitórias (20), tendo feito ainda 18 poles, 46 voltas mais rápidas e cem pódios.

Em 2018, Raikkonen faz sua melhor temporada desde que voltou para a Ferrari, em 2014. O finlandês é o terceiro colocado na classificação geral, com 164 pontos, e somou nove pódios em 14 corridas, tendo três segundos lugares (Azerbaijão, Áustria e Itália) como melhores resultados. Nem isso foi suficiente para ele permanecer na equipe.

Globo Esporte

 

Recomendadas para Você

%d blogueiros gostam disto: