Cantor evangélico é flagrado com bebida e cocaína

O cantor gospel Jotta A usou seu perfil no Instagram para comentar um vídeo que vem circulando nas redes sociais desde esta quarta-feira. Na sequência, Jotta A, que tem 19 anos, aparece com uma garrafa de vodca no colo, no banco traseiro de um carro. Bastante animado, ele cantarola sem parar o que seriam hinos religiosos — em um momento, diz que canta em hebraico. Jotta A também leva algo à boca, que, na carta aberta publicada no Instagram, ele diz ser amendoim. No vídeo porém fica claro que é ‘pó’.

“Gostaria de me desculpar e me responsabilizar publicamente pelo o que supostamente ‘vazou’ ao meu respeito, mesmo sabendo que tudo isso foi intencionado. Os meus momentos de fraqueza no passado se tornaram públicos e mesmo que eu assuma que estava segurando uma garrafa de vodca, comendo amendoim e não usando drogas, falando coisas imprudentes das quais peço perdão a Deus e à Igreja, eu não venho justificar os meus erros”, diz o cantor no texto, postado na noite desta quarta. Na carta, ele também afirma que recomeçou sua “vida espiritual”, que cenas como as do vídeo ficaram para trás e que ele também fica indignado com aquele que ele foi, assim como os fãs que se decepcionaram com o vídeo.

“Para os interessados, no pico da minha fraqueza e descobertas, exponho que na minha adolescência eu vivi experiências sexuais, tive experiências com bebidas alcoólicas (não me tornei viciado em nenhuma dessas substâncias), fui imprudente nas minhas amizades e brincadeiras”, disse em outro trecho. “Já faz um tempo que eu voltei para Cristo, e estou tão indignado quanto você com tudo o que fiz.”

Confira abaixo a carta completa:

CARTA ABERTA

“‘Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia’ (32:3). Gostaria de me desculpar e me responsabilizar publicamente pelo o que supostamente ‘vazou’ ao meu respeito, mesmo sabendo que tudo isso foi intencionado. Os meus momentos de fraqueza no passado se tornaram públicos e mesmo que eu assuma que estava segurando uma garrafa de vodca, comendo amendoim e não usando drogas, falando coisas imprudentes das quais peço perdão a Deus e à Igreja, eu não venho justificar os meus erros. Já faz um tempo que estou recomeçando minha vida espiritual conforme venho testemunhando em minhas ministrações, e essa é uma chance que Deus me deu de me livrar do meu passado, pois infelizmente fui conivente com a hipocrisia que eu vivia no momento.

Como todos sabem, lancei há pouco tempo um CD chamado #Recomeçar e me expressei sobre meu recomeço através deste álbum, mas não foi o bastante para os que me acusam, então prefiro expor a minha verdade, do que tentarem atrelar o meu futuro ao meu passado. Para os interessados, no pico da minha fraqueza e descobertas, exponho que na minha adolescência eu vivi experiências sexuais, tive experiências com bebidas alcoólicas (não me tornei viciado em nenhuma dessas substâncias), fui imprudente nas minhas amizades e brincadeiras, tive a infelicidade de ter trabalhado com pessoas desonestas que me prejudicaram e me fazem responder hoje por coisas de que não tenho culpa e talvez você deva estar se perguntando, ‘Ele fazia eventos mesmo assim?’ Sim. E, mesmo se minhas desculpas fossem por causa da minha adolescência, ou porque foi consequência da responsabilidade que assumi desde criança, nada justificaria o meu passado e as escolhas que fiz.

Talvez você esteja se perguntando por que estou fazendo isso. Bem, é que agora estou livre do meu passado, não o temo mais e mesmo sabendo que, por causa deste post, muitas pessoas vão procurar vídeos vazados ou coisas deste tipo para repaginá-los, o meu futuro não será mais atrelado a ele. Já faz um tempo que eu voltei para Cristo, e estou tão indignado quanto você com tudo o que fiz. Deus me deu uma nova chance…

Sugeridas para você

%d blogueiros gostam disto: