Atirador matou pelo menos dez pessoas em escola no Texas

Um atirador que abriu fogo nesta manhã de sexta-feira dentro de uma escola secundária e mataram pelo menos dez pessoas em Santa Fé, cidade com 13 mil habitantes a 40 quilômetros de Houston, no Texas, confirmou a policial local à rede de televisão CNN. Pelo menos 12 pessoas foram feridas e estão em tratamento em hospitais da região.

Este é o terceiro ataque em escolas dos Estados Unidos nos últimos sete dias e o 22º desde o começo deste ano.

O vice-diretor da escola, Cris Richardson, relatou à imprensa que “o atirador foi preso e está seguro”. Um possível cúmplice também foi detido, segundo o xerife do condado de Harris, Ed Gonzalez, postou no Twitter. A polícia encontrou na escola bombas caseiras feitas com tubos e panelas de pressão.

O tiros começaram por volta das 8h (10h, no horário de Brasília). Vários estudantes conseguiram escapar e se refugiar em uma loja de veículos próxima da escola.

A identidade do atirador ainda não foi confirmada. Ele seria um estudante, de 17 anos, da escola, segundo o xerife. Seu cúmplice foi interrogado.

Tampouco há informações sobre o número exato de vítimas. A escola foi cercada pela polícia local, pela SWAT e por agentes do FBI e do Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos. Várias equipes médicas, com ambulâncias, foram chamadas para atendimento de emergência. As vítimas foram removidas para o hospital local.

Em entrevista à CNN, a estudante Angelica Martinez, de 14 anos, relatou ter fugido do colégio, junto com colegas, no momento em que “parecia ocorrer uma chuva de tiros”. “Todo mundo começou a correr, enquanto os professores nos diziam para ficarmos parados. Mas nós estávamos tentando fugir”, declarou.

Veja

Recomendadas para Você

%d blogueiros gostam disto: