17 anos de 11/9

Ontem completou 17 do maior atentado da história moderna. No dia 11 de setembro de 2001, há exatos 17 anos, terroristas ligados à rede al-Qaida sequestraram dois Boeings 767 e atiraram os aviões contra as torres do complexo World Trade Center, em New York, destruindo os dois prédios e matando um total de 2.996 pessoas. No maior ataque terrorista da história no território dos EUA, ataques posteriores tiveram como alvo o Pentágono, a sede do Departamento americano de Defesa na Virgínia e outro direcionado à capital do país, Washington D.C., no qual passageiros conseguiram recuperar o avião que acabou caindo na cidade de Shanksville.

HISTÓRIA

Em 1962 foi anunciado que Minoru Yamasaki havia sido escolhido como arquiteto para o World Trade Center, que escolheu um terreno na Lower Manhattan.

O trabalho de demolição dos prédios antigos que ocupavam o terreno começou em 1966. A primeira torre foi erguida em dezembro de 1970 e a segunda em julho de 1971. A inauguração formal foi em 1973, mas havia inquilinos trabalhando no prédio desde 1971.

Em 26 de fevereiro de 1993, um carro-bomba com explosivos foi detonado na garagem subterrânea da Torre Norte matando seis pessoas e ferindo mais de mil. O cidadão do Kuwait Ramzi Yousef foi condenado à prisão perpétua que cumpre no Colorado.

Às 8h46 do dia 11 de setembro de 2001, o voo 11 da American Airlines atingiu a Torre Norte. Dezessete minutos depois, o voo 175 da United Airlines chocou-se contra a Torre Sul.

Os dois prédios desabaram com danos estruturais causados por incêndios.

Redes de TV no mundo todo transmitiram as cenas de pânico dos cidadãos da cidade de Nova York correndo. No Brasil, a TV Globo interrompeu a transmissão e ficou ao vivo de Nova York por boa parte da tarde.

Sem ainda saber do que se tratava, os novaiorquinos correram para salvar a vida.

Os danos na Lower Manhattan foram muito grandes, com a emissão de gases tóxicos na atmosfera. Todo o terreno foi limpo e o local ganhou o nome de “Ground Zero” ou “Marco Zero”.

As investigações rapidamente apontaram como autor do crime contra a humanidade a organização terrorista al-Qaida e seu fundador, o saudita Osama bin Laden. Bin Laden foi morto em 2011 após anos de caçada. Seu corpo foi jogado dentro de um caixão de aço em alto mar.

Léo Vilhena
Jornalista

Recomendadas para Você

%d blogueiros gostam disto: